MHA
ISO Contato Telefones Oportunidades
mha@mha.com.br
Tel.: +55 11 3747 7711

ISO

MSGI08g - Preparação e Atendimento à Emergência - PAE

1. OBJETIVO


Implementar medidas contingências para atender a situações de emergências, seja de segurança ou de meio ambiente.


2. APLICAÇÃO


Este procedimento deve ser aplicável a todas as atividades administrativas da MHA ENGENHARIA sede.

Não se aplica às bases operacionais em virtude destas estarem submetidas às regras internas estabelecidas pelos clientes.


3. DOCUMENTOS ASSOCIADOS


Não aplicável.


4. DEFINIÇÕES OU CONCEITOS


Emergência: Situação crítica envolvendo riscos graves a pessoas, equipamentos e ao meio ambiente.


5. DESENVOLVIMENTO
5.1 Coordenação do Plano de Emergência:

  • Gerente do Sistema de Gestão Integrado - Guilherme Neves - ramal: 77696
  • Chefe: da Brigada - Washington Luiz - Área de Telecomunicações e Automação - Ramal 77672
  • Sub-Chefe da Brigada - Ricardo Augusto - Área de Hidráulica - Ramal 77591
  • Brigadistas:
    - Cabeça de Fila A - Otávio - Área de Hidráulica
    - Cabeça de Fila B - Andréa - Secretária
    - Cerra Fila A - Antenor - Departamento Pessoal
    - Cerra Fila B - Osmar - Área de Elétrica
    - Ajudante 1 - Edmar - Área de Hidráulica
    - Ajudante 2 - Eduardo Oliveira - Área de Telecomunicações e Automação
    - Ajudante 3 - Juarez - Departamento de Informática
    - Inspetor 1 - Alexandre - Área de Hidráulica
    - Inspetor 2 - Tatiane - Área de Elétrica

5.1.1 Responsabilidades do Chefe da Brigada

  • Dar conhecimento a todos os funcionários da MHA
    ENGENHARIA Engenharia, bem como treiná-los na
    implantação e desenvolvimento das medidas emergenciais;
  • Em caso de acionamento do Alarme de Emergência,
    confirmar o abandono com o Corpo de Bombeiro ramal
    16548; Autorizar a evacuação;
  • Determinar o "fim da emergência".
    Nota: Desligamento da energia elétrica parcial ou total
    e ar condicionado é de responsabilidade do
    condomínio.

5.1.2 Sub-Chefe da Brigada

  • Orientar no abandono dos funcionários dos seus locais de
    trabalho, indicando a ROTA DE FUGA e o PONTO DE
    ENCONTRO que será no Piso Jardim.
  • Verificar a total ausência de funcionários nos seus locais de
    trabalho, banheiros e copa sempre que possível;
  • Exercer outras atividades que lhe forem delegadas pelo
    Chefe da Brigada;
  • Substituir o Chefe na sua ausência.


5.1.3 Brigadistas

  • Auxiliar juntamente com o Sub-Chefe o abandono dos
    funcionários dos seus locais de trabalho;
  • Manter-se calmo e acalmar os colegas;
  • Efetuar o salvamento das pessoas, caso necessário;
  • Combater a situação de emergência;
  • Exercer outras atividades que lhe forem delegadas pelo
    Chefe de Brigada.


5.1.4 Demais Funcionários

  • Seguir as instruções dos brigadistas;
  • Sair pelas Rotas de Fuga pré-determinadas;
  • Manterem -se calmos e acalmar os colegas;
  • Não carregar objetos que dificultem seus movimentos;
  • Não utilizar sapatos de salto alto;
  • Não tentar ultrapassar outras pessoas;
  • Não parar no caminho;
  • Aguardar com calma sua vez de sair pela porta;
  • Dirigir-se ao Ponto de Encontro;
  • Aguardar instruções.


5.1.5 Visitantes e Prestadores de Serviços


A orientação e o acompanhamento dos visitantes como:
fornecedores, clientes, prestadores de serviço etc., durante a situação de emergência, será de responsabilidade do funcionário visitado.


5.2 Procedimentos
5.2.1 Alarme de Emergência


O alarme de emergência é acionado automaticamente o qual está interligado a Central do Corpo de Bombeiros para situações que possam fugir do controle, tais como:

  • Incêndio em grandes proporções;
  • Explosões.


Em caso de dúvida ligue para a Central de Bombeiros - ramal 16548.


5.2.2 Emergência na sua Área


Ao primeiro sinal de emergência, siga as instruções abaixo:

  • Ligue parao Chefe da Birgada;- ramal 77672;
  • Comunique a ocorrência a algum membro da equipe de
    emergência, Chefe da Brigada, Sub-Chefe ou Brigadistas;
  • Inicie o combate à emergência usando os equipamentos
    disponíveis e adequados;
  • Analise bem o layout das Rotas de Fuga afixados nos
    quadros de avisos;
  • Siga as demais instruções de abandono.


5.2.3 Coordenação
5.2.3.1 Horário Administrativo


A coordenação de emergência deve ficar a cargo do
Chefe de Brigada e na sua ausência, do Sub-Chefe,
com apoio dos Gestores. Quando a emergência
ultrapassar os limites do prédio, o plano de emergência
deve ser acionado.


5.2.3.2 Fora do Horário Administrativo

  • A responsabilidade será do condomínio em comunicar o corpo de bombeiro, visto tratar-se de prédio comercial.


5.2.3.3 Extintores


Os extintores devem ser manipulados pela equipe
conforme a classe de incêndio e estão distribuídos,
conforme o risco potencial do setor:

  • Nos setores administrativos;
  • Áreas Externas próximas aos elevadores;


5.2.3.4 Hidrantes


Hidrantes com fácil localização, com mangueiras de 1½ "com um mínimo de 30 metros sendo dispostos de maneira a atender todo o pavimento 8º andar do condomínio empresa".


5.2.3.5 Telefones Importantes e endereços de hospitais

  • Corpo de Bombeiros: - ramal 16548
  • Segurança - ramal 14199
  • Polícia: 190
  • Cetesb: 3030-6000
  • Sabesp: 195
  • Eletropaulo: 196
  • Pronto Socorro: Hospital Santo Amaro - Telefone: 5696-
    2333
    Endereços: Rua Barão de Duprat, 140, Santo Amaro - SP. (somente internações de Urgência / Emergência 24 horas)
  • Pronto Socorro: Rede Foccus - Unidade Hospitalar Vila
    Mariana - Telefone: 3527-1010
    Endereço: Rua Azevedo Macedo, 113 - Vila Mariana - SP.
    (internações eletivas e Urgência / Emergência 24 horas)
    (Contato da Amico - Heloisa Ludke - Telefones: 2139-
    1541 / 2139-1757)


5.2.3.6 Rotas de Fugas


As pessoas devem sempre se dirigir para a área externa ao edifício - Piso Jardim, utilizando as escadas de emergência, buscando as áreas ao ar livre, conforme sinalização determinada.


5.2.3.7 Ponto de Encontro


Piso Jardim de acesso ao edifício (em frente à portaria)


5.2.3.8 Incêndio


Ao princípio de incêndio de pequenas proporções, qualquer brigadista, desde que se considere capaz, deve controlá-lo utilizando o extintor de incêndio adequado e acionar a Central dos Bombeiros - ramal 16548.

No caso de incêndio não controlado na situação anterior o alarme será acionado automaticamente.


5.2.3.9 Acidentes com Lesões


No caso de acidentes com lesões ocasionados por quedas ou que seja considerado grave, o acidentado não deve ser movido. Deve ser acionada a Central de Segurança - ramal 14199.

A partir do momento da ligação é deslocado para a empresa um segurança e um bombeiro que deverão avaliar a situação e a forma de deslocamento.para o ambulatório se necessário.

No ambulatório é feito a avaliação por parte de médicos e enfermeiros, caso necessário é feito a remoção para o pronto socorro mais próximo ou para o hospital do convênio da pessoa.

O horário de funcionamento do ambulatório é das 7h às 19h, após este horário a avaliação de remoção é feita pelo próprio bombeiro.


5.2.3.10 Mal Subto


No caso de mal subto deve ser acionada imediatamente a Central de Segurança - ramal 14199. A partir do momento da ligação é deslocado para a empresa um segurança e um bombeiro que deverão avaliar a situação e a forma de deslocamento para o ambulatório se necessário.


5.2.3.11 Periodicidade das Simulações de Emergência


Semestralmente será efetuada o exercício de abandono, sendo recomendado ser registrada em vídeos ou fotos, com emissão de relatório de avaliação pelo Corpo de Bombeiro.


5.2.3.12 Cenários


Os cenários previstos para este plano são basicamente:

  • Emergências não-médicas;
  • Emergências médicas;
  • Incêndios (Brigada de Incêndio da MHA ENGENHARIA e Corpo de Bombeiros, se necessário);


5.3 Registros


Todos os relatórios de exercício de abandono devem ser arquivados por um prazo de 02 anos.


6. ANEXOS


Fluxograma de Emergência

7. REFERÊNCIAS
7.1 Ascendentes

  • Norma ISO 9001:2000, dezembro de 2000.
  • Norma ISO14001:2000 dezembro de 2004.
  • Norma OHSAS 18001.
Leia Mais